sexta-feira, agosto 25, 2006

O “caso” da secretária eletrônica

Esse é daqueles rapidinhos.
Era uma vez um fotógrafo em Portugal que ganhou uma secretária eletrônica de presente. Daí, a gente ligava pra lá e ouvia a seguinte mensagem:

- Tó! Aqui é do estúdio do fotógrafo Fulano de Tal. Ele não está. Favor ligaire mais tarde.

Foi bom, não foi?

Nenhum comentário: