segunda-feira, fevereiro 19, 2007

Uma nota triste

Fiquei sabendo - com relativo atraso - do falecimento de um publicitário mineiro, a quem devo o maior respeito: Newton Silva.

Newton, com quem tive o prazer de trabalhar quando fui diretor de criação da ASA, era dos mais competentes criativos que conheci. Um dos fundadores daquela agência, voltou conduzido por seu dono Edgar Mello para apagar um grande incêndio com a conta de complicado cliente.

Bem mais velho do que o restante da equipe, provou a todos nós que a idade não está no físico, sim na cabeça, tal e qual já o haviam feito Picasso e Chaplin. Em pouco tempo Newton nos provou ser, talvez o mais jovem de todos nós. Pela sua ironia, pelo seu sense of humour.

Faço questão de deixar aqui o registro da minha dor, e a recordação de uma personalidade, cujo caráter me impressionou ao longo da convivência com ele.

Newton Silva não morreu. Apenas nos deixou, deixando a lembrança de uma companhia alegre. Pioneiro da propaganda mineira, crítico de cinema, dotado de uma cultura e conhecimento que devem ser registrados na memória da profissão nas Minas Gerais.

6 comentários:

isabella disse...

Puxa vida Olivieri. O Newton S ilva deve ter sido um sujeito fora-de-série. Seu texto passa uma emoção muito grande sobre ele.

Jonga Olivieri disse...

É Bel, estou em plena emoção com a perda. Soube ontem à noite, por meio de um amigo comum.

Simplesmente eu me mudei, esse meu amigo tb.

Outro dia fiquei sabensdo do celular dele e entrei em contato ontem.

Já até desvconfiava de alguma coisa, pois o Newton, há algum tempo não andava muito bem.

Daí...

Cecé disse...

Apesar de ser irmã do Jonga,tive a feliz oportunidade de conhecer e trabalhar com Nilton Silva, no livro patrocinado pela Odebrecht Belo Horizonte a Cidade Revelada,um ser humano de extrema sensibilidade e competência.... saudades eternas, meu amigo Nilton!!!
Valeu, Jonga!!! linda homenagem!!!

Jonga Olivieri disse...

Conhecemos o Newton por caminhos diferentes, e sem combinar ou apresentar ninguem.
Fruto do mero acaso, você o conheceu após a minha volta para o Rio. Aliás a ele e ao Tonico "Mercador".
Dois senhores redatores.

jr disse...

Este seu amigo devia ser um figurão mesmo. Um sujeito mais velho se integrar numa equipe de jovens é sempre difícil.
Tem o seu valor.

Jonga Olivieri disse...

Como falei na nota, Newton Silva era mais velho apenas fisicamente.
A cabeça dele era mais jovem do que a de muitos de nós.