quinta-feira, novembro 08, 2007

O “caso” do shoppingtão

De Ipatinga para Beagá... e de Beagá para o mundo, mais um “caso” (rapidinho) do Maurilo Andréas e seu senso de humor, demais da conta.

Conta a lenda que uma renomada agência de publicidade mineira, atendendo a um renomado shopping center de Belo Horizonte, criava uma renomada campanha, quando um renomado Diretor de Arte berrou no meio da criação: “Alguém aí já sabe o slogan do shopping?”

Diante do silêncio dos colegas, resolveu marcar layout com um slogan de sua própria confecção que ostentava os seguintes e portentosos dizeres: “Shopping X. O shopping do seu cu.”

A campanha foi sendo criada naquele prazo exíguo que é comum ao nosso métier e ninguém mais atentou para o slogan fanfarrão que adornava as peças. Sendo assim, o atendimento recolhe a pasta com o material, sai correndo e, em plena reunião com o cliente, é alertado pelo qualquercoisademarketing que diz: “Ô, amigão, ‘o shopping do seu cu’ não é nosso slogan não, viu?”

8 comentários:

jr disse...

O Maurilo sempre deixando casos interessantes neste blog.
Seu mais antigo colaborador tem uma veia de humor impressionante.

Jonga Olivieri disse...

Este caso é muito engraçado.
Até comentei no blog dele uma outra história que se segue:
"Tem também aquela dos tempos da marcação à mão; o famoso "monomono".
Uma vez um conhecido meu começou a marcar o "nonono", e de repente botava no meio: "puto", mais uns "nonono" e um "fulano é viado"... e aí por diante.
Têm casos neste nosso mundinho, que sai da reta, são divertidos!"

maria bonita disse...

Meu Deus, que loucura!

Jonga Olivieri disse...

Loucuras deste mundo da publicidade.
Presenciei vários casos tão 'loucos' quanto este. Muitos, inclusive, estão contados neste blog.
É só conferir.

Redatozim disse...

O pior é que pra quem é daqui fica fácil adivinhar o shopping, mas difícil detectar o diretor em questão risos. Eu sei mas não conto pra ninguém.

Jonga Olivieri disse...

Redatozim, como já estou há alguns anos fora de Beagá, fico boiando.
Até imagino, mas sei lá quem é... não gostaria de arriscar. Depois me conta, tá?

Saulo Silveira disse...

Redatozim, pois eu sou mineiro entrego a rapadura...deve ser o Shopping Mercado Central....Adoro o Mercado Central, quando vou a BH, passo o meu tempo ali. O melhor shopping do mundo, Êta trem bão sô. Bom demais da conta este caso.

Alfredo disse...

Engraçada demais essa história. Mas casos engraçados fazem parte da história da propaganda.Já trabalhei com as contas de alguns shoppings aqui do Rio e é divertido demais os casos.