quinta-feira, abril 03, 2008

O “caso” da mãozada

Na VS tinham viradas incríveis. Já postei algumas delas aqui. Mas a Lucinha, a nossa doce chefe de estúdio, me contou uma que é simplesmente sensacional. Em determinada noite, todo mundo morrendo de fome. E a VS numa daquelas fases de contenção de despesas (que, aliás, eram muito comuns na finada agência), havia limitado o gasto com jantares e outras despesas após a hora do expediente.

Lá pelas dez da noite, resolveram pedir uma pizza para todo o pessoal do estúdio. Cerca de doze pessoas, incluindo um diretor de arte que acompanhava o trabalho e dois da produção gráfica. Até aí tudo bem. Ia dar na conta, mas pelo menos se matava a fome.

O Lula Vieira – e os seus cerca de 150 quilos – resolveu ir embora para casa. E, como sempre, passava no estúdio, que ficava um andar abaixo da sala dele, e era, sem sombra de dúvida, o lugar mais divertido da agência. Chegou ali, já cheio de uísque, já pra lá de Bagdá e com uma fome dos diabos, justamente na hora em que também chegava a tão aguardada pizza. A Lúcia contando é muito engraçado, pois ela diz que de uma “mãozada” só, ele pegou metade da pizza juntando os pedaços que estavam cortados à francesa.

Foi embora pra casa. O aperitivo já tinha sido bom... Enquanto isso, o pessoal do estúdio teve que fazer uma “vaquinha” para comprar uma outra pizza, porque a verba já havia sido toda gasta... metade dela no estômago do Lula.

12 comentários:

jr disse...

Isso só podia acontecer com o Lula. Muito bom esta Causo!

Jonga Olivieri disse...

Aliás, uma vez eu estava no "Alho & Óleo", um restaurante perto da VS, nos tempos da praia do Flamengo, quando o Lula entrou e dirigindo-se à nossa mesa, pegou de uma "mãozada" só quase todos os pastéis que haviamos pedido de entrada.
Agora, 'esta causo', é demais JR... hehehe!

Antônio José disse...

O Lula Vieira é um caso que prova que não adianta a tal cirurgia de redução de estômago.
Não sei se o tem visto, ams ele continua gordo, muito gordo.

Anônimo disse...

Esse Lula deve ser uma figura. Pelo menos os outros casos que você já contou aqui demonstram isso.
Otávio

Jonga Olivieri disse...

O Lula continua gordo.
Ele é gordo, mas está bem menos do que era na época deste caso, que aconteceu na VS ainda da rua Maria Eugênia.

Jonga Olivieri disse...

É uma figura mesmo!

Anônimo disse...

Quem conhece o Lula não pode duvidar disso.
Não o conheço bem, mas nas oportunidades em que o vi, e que coincidentemente tinham comes & bebes, muito poucas pessoas são tão gulosas quanto ele.
Cantídio Tarsitano

Jonga Olivieri disse...

Quer dizer que vc presenciou "mãozadas", Cantídio?!

Anônimo disse...

Gosto muito da coluna do Lula Vieira no "Propaganda & Marketing".

Sempre bem humorada e com casos engraçados.

Abelardo S. Cardoso

Jonga Olivieri disse...

É uma boa coluna. Também a leio sempre. Aliás, todas as colunas do "Propaganda & Marketing" são excelentes.

Anônimo disse...

Só hoje vi a sua nova postagem neste blog. Muito engraçado o caso. Não conheço o Lula, mas o vi uma vez num programa na TV Ceará (canal 5) aqui de Fortaleza. Achei ele bem gordinho. Mas não sei se foi antes ou depois da tal operação.
Maria Bonita

Jonga Olivieri disse...

O Lula era tão gordo, mas tão gordo que na época que ele tinha um programa na TVE (a daqui do Rio), o Jô tinha um programa chamado^"Veja o gordo" em outra emissora.
Apelidaram o programa do Lula que na verdade se chamava "Intervalo" de "Veja o Lula". hehehe!