sábado, junho 19, 2010

Festas & festas

O mês passado foi o pessoal da velha guarda da VS... Apesar de que é importante ressaltar que nem todos são velhos. Mas assim nos referimos à turma que trabalhou na Maria Eugênia 123. Para nós, sem sombra de dúvida a melhor época daquela agência.
Acabamos tendo um encontro por causa da Silvana Grendene que veio de São Paulo passar um feriadão aqui no Rio. No final marcamos no Quiosque do Português no Leblon, e estivemos lá a Lucia Matuschka (chefe de estúdio), a Silvana (ex-secretária do Lula e produtora do programa Intervalo), a Patrícia Aguiar (RTVC e diretora de filmes), e eu. Foi uma festa pequena por fora e grande por dentro. Quero dizer: compareceram poucas pessoas mas nos curtimos muito.
Alem disso, ficaram os planos para mais um encontro, já que muitos ex-colegas daquela agência que rebatizamos de Maria Eugênia 123, estão dispostos a realizar um evento maior. Tomara! Até porque já tivemos bons encontros, que agora renomeamos de “VS Forever” com mais de 30 pessoas e os dois últimos, com a galera mais recente foram verdadeiros fiascos.

E já que falei da VS, houve nesta semana o encontro da C”... Tambem conhecida como ‘Contemporânea’, cujo nome completo, aliás, era ‘Comunicação Contemporânea’. Mas, aqui entre nós, C” é bem mais curto e simpático...
Este foi no Mamma Rosa, um restaurante que pode ser considerado como um ponto de referência para a C”, que durante muitos anos esteve no Cosme Velho e foi organizado por Gisa Ferman, que, curiosamente entrou na agência bem na época em que eu saia. Sim porque trabalhei nesta agência no seu início, ainda na Urca, de fevereiro de 1984 a agosto de 1985, quando fui para Beagá assumir a direção de criação da Asa.
E tivemos a presença do Armando Strozemberg e do Calazans, ambos diretores de uma agência em que as pessoas realmente se gostavam.
É bom lembrar que a C” tem no Facebook uma página chamada Uma vez C” sempre C” que tem fotos antigas e atuais da mesma.

São duas agências nas quais gostei de trabalhar, pelo ambiente que nelas havia, pela descontração quase que permanente que não existem mais nas empresas do ramo encaretadas destes tempos “pós modernos” em que vivemos.

14 comentários:

Anônimo disse...

Duas agências em que você trabalhou e em que eu gostaria de ter trabalhado também!
Milton

Jonga Olivieri disse...

Mas haviam muitas outras agências boas de se trabalhar naqueles idos de 1970/80 e até 90.
O ambiente era outro. A própria configuração e layout delas era bem melhor e ajudava isso.
Por exemplo: o estúdio era um lugar em que aconteciam as loucuras e coisas mais engraçadas.
Trabalhei em muitas agência, grnades e pequenas, brasileiras e multinacionais que jamais esquecerei, como a MacCann, a Focus, a Salles ou a Provarejo...

Anita disse...

São mesmo duas agências que marcaram época no mercado carioca.
Mas é como você diz: hoje impera a caretice.
E o pior é o que vc não falou: 'a caretice dos medíocres'.
Por isto saí, estou fazendo outro curso e mudei de área.
Graças a Deus!

Jonga Olivieri disse...

Sei não, Anita, mas caso estivesse começando é bem provável que teria feito isto tambem.
Hoje, continuo a trabalhar, ter os meus clientes que me respeitam...
Juro que atravesso a rua quando sei que há alguma dessas "agenciazinhas" no meu caminho. Não quero saber de nada com elas, pois tornou-se horrível trabalhar em alguma!
Questão de ambiente, questão de "astral"... Xá pra lá...

Anônimo disse...

E muito bom termos boas recordacoes dos lugares aonde trabalhamos.
E e bom tambem quando as pessoas se gostam e reencontram.
Parabens que isso esteja acontecendo!

Anonymous
New York

Jonga Olivieri disse...

É isso mesmo... Bom saber que os tempos mudaram, mas podemos continuar a encontrar os amigos.

Ernani disse...

De fato, fora a Giovanni as melhores agências do mercado carioca.
Quer dizer com a Giovanni as três agências inesquecívis do Rio de Janeiro.
E tenho dito!

Jonga Olivieri disse...

Pensei bem, amigo, e acho que você tem razão. Há muita picaretagem por aí... hehehe!

Popeye disse...

Deve ter sido um encontro maravilhoso!

Anônimo disse...

Belas iniciativas que, aliás me incentivaram a 'atuar' na blogosfera. By the way, caro Jonga, há poucos minutos recebi email de um ex-colega, Lelo, hj em SP, falando sobre um mega-encontro de ex-mpm's, dia 30/7, no Jockey aí do Rio. Saberias, ou poderias saber de algo a respeito, já que eu, além de estar enfurnado em plagas pantaneiras, o máx. q poderia fazer é divulgá-lo em meu blog, a partir desta semana passei a me envolver com campanha política (frila). /abs. e q as suas festas se repitam todos os anos, saudando os tempos bons. Almir Gomes, do puracatapora.

Jonga Olivieri disse...

Almir, não ouvi falar deste encontro. Mas é até provável que esteja para acontecer.
O melhor seria se informar com ex-MPM's, mas quem está no Rio até hoje?
Por acaso saiu alguma nota na Janela Publicitária do Marcio Ehrlich? Talvez por lá seja mais fácil... o endereço é: janelapublicitaria.com.br. Há inclusive um link para se comunicar com o Marcio. Creio que o bom e velho "fale conosco".

Jonga Olivieri disse...

Foi um encontro agradável. Não conhecia três quartos das pessoas que lá estavam, mas foi bom conhecer C"s que lá estiveram depois de mim. Valeu!

maria disse...

Pelo jeito e pelos come ntários as duas agencias citadas são ou foram mesmo m uito importantes para o Rio de Janeiro.

Jonga Olivieri disse...

Sem dúvida, Mary. Sem ´dúvida nemhuma!