terça-feira, janeiro 04, 2011

Uma marca exemplar

Poucas vezes vi uma logomarca tão criativa –até pelo conceito tridimensional— quanto a dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

Criada pela agência carioca Tátil (1), uma empresa de design, faz-me voltar a ter orgulho da publicidade carioca, hoje em plena decadência, entregue às continhas de varejo que nos sobraram.

Quero aqui transmitir aos criativos, que a criaram sob o comando de Fred Gelli, os mais sinceros parabéns. E... que não deem tratos a bola àqueles que os acusam de plágio. Na verdade a logomarca de uma ONG estadunidense citada por alguns, parte do mesmo princípio, mas não é tão boa quanto ela.

(1) http://www.tatil.com.br/

14 comentários:

Cantidio disse...

Quando vi esta marca tridimencional também fiquei apaixonado por ela.
Vai dar muito gancho para promoções e tudo o mais.

Jonga Olivieri disse...

Olha, é uma grande logo até porque é tridimensional, uma escultura com toques de Bruno Giorgi...

Anita disse...

Concordo plenamente com o que você defende neste post.

Jonga Olivieri disse...

Fica mesmo evidente a "índole humana" de destruir aquilo que não tiveram a capacidade de construir.
Por isto defendo esta criação que considero das mais brilhantes que jamais vi!

Ernani disse...

Olha só, você intitulou este post de Uma Marca Exemplar. Mais do que isso ela é também uma escultura exemplar,. até porque lembra de fato esculturas que se encontram em Brasília como a do Palácio da Justiça ou do Ministério dasd Relações Exteriores.
Este tal de Fred Gelli e sua equipe fizeram uma marca que vai marcar mesmo!

Jonga Olivieri disse...

Concordo plenamente...

Anônimo disse...

Também concordo que se houve plágio, ficou melhor do que o original.

Jonga Olivieri disse...

Já vi coisas piores. Não só como plágio...

Rafael disse...

Acho bastante interessante vocês estarem debatendo um assunto tão polêmico quanto este.
Sou estudante de comunicação e leio sempre "Casos da Propaganda" e gosto muito deste site.
Ele me acrescenta muito!

Jonga Olivieri disse...

Obrigado, Rafael, isso me estimula a continuar publicando matérias nesta blogue.
Quanto ao assunto é polêico mesmo. Mas pior foi a logo da Copa do Mundo, criado nas coxas, copiado de outros tantos e que está aí... Imexível!

Anônimo disse...

Olha, é inquestionável que esta logo é de primeira linha. O resto é conversa mole pra boi dormir.
Selma Negreiros

Jonga Olivieri disse...

Selma, concordo com você em número, gênero e grau!

Popeye disse...

Discordo. Acho que foi chupada mesmo. E ainda vai dar o que falar.

Jonga Olivieri disse...

Questão de ponto de vista!