sábado, fevereiro 26, 2011

A foto do fato

Da esquerda para a direita: em pé, Danilo, Cláudio, Fabrício, Maurilo e eu.
Sentados, Pedrolli e Rogério.

Citei neste blogue o “Caso do nariz de palhaço”, contado por Maurilo Andréas e aqui postado em 5 de outubro de 2006. Mas segue a foto que a nossa equipe tirou para ficar na história.

O link do caso você encontra em.



18 comentários:

Anita disse...

Que foto mais engraçada. Também, cheia de palhaços tinha que ser, né?

Jonga Olivieri disse...

Você, pelo jeito, não leu a postagem do link, né Anita!

Anita disse...

Li sim, mas estava apenas brincando. Eu hein!

Jonga Olivieri disse...

Ahhh, sim!

Joelma disse...

Que foto hilária! Adorei!

Jonga Olivieri disse...

Muito boa, não é?
E nela tem palhaço de todo tipo... Dos mais sérios aos mais esculachados.
Mas, somos todos palhaços mesmo. No fundo no fundo somos sempre uns palhaços. hehehe!

Moita disse...

Só observando, tem palhaço no meio... kkkkkkkkkkkk!

Jonga Olivieri disse...

O Quê que você queria dizer com isto, Alex? Vulgo "Moita"...

Moita disse...

Não estou me referindo a você.
Mas não precisava me entregar, não é?

Jonga Olivieri disse...

Aaaahhh! Olha meu caro, os palhaços mesmo estavam em outras salas. E eram diretores, gerente...

Anônimo disse...

Garotada, esta montado o picadeiro!
Aonde vai ser o espetaculo?
O palhaco o que e? E ladrao de mulher!!!
Muito boa esta foto. Principalmente para quem trabalha em agencias de public... Lembrei a tempo que voce garantiu que nao era o caso desta.
Mas a criacao era. Isso tambem voce falou no caso anterior.

Anonymous
New York

Jonga Olivieri disse...

Obrigado pelo comentário, amigo...
Mas realmente gosto muito desta foto porque somente quem viveu aqueles instantes de loucura numa agência dirigida por um insano pode avaliar o que eu pássei.
Porque minha equipe não sabia metade do que acontecia a portas fechadas onde os(a) diretores(a) pediam cabeças rolando todos os dias. E eu tinha que segurar e nem passar para eles o que se passava naquela "casa de loucos" comandada por um imbecil que não entendia nada, nadinha de publicidade e sentia-se como um cliente sendo atendido por ele mesmo.

Jonga Olivieri disse...

Só pra complementar...
Quando entrei na agência, a insana criatura --que eu só não acredito que seja o belzebú, porque sou mais ateu que uma pedra*-- afirmava que não fazia campanha política pra ninguém.
Alguns meses depois, hipocritamente nos levou (eu e uma dupla de criação) para Divinópolis, cidade do interior mineiro para ajudar na campanha do irmão dele, candidato a prefeitura.
Que, ainda bem que não ganhou!!! hehehe!

(*) Sou apaixonado pela frase de Luis Buñuel: "(...) e eu, graças a deus não acredito em deus!"

Jonga Olivieri disse...

Moita, você é mineiro ou já andou por lá?
Pergunto isso porque deixaste escrito (com tanta veemência) que tinham palhaços naquela foto que me intrigou. Muito!
Se quiser, passa um comentário (já que eu não temos os repectivos e-mails), que eu juro que não o publico.
Mas diz quem é. Fiquei curioso...

Moita disse...

E continuo achando!

Anônimo disse...

Clico na foto e ela não amplia. Por que?
Ancelmo

Jonga Olivieri disse...

Mão sei. Ela está em JPG, mas agora cliquei paa testare está acontecendo isso mesmo.

Jonga Olivieri disse...

Ancelmo, já dei cabo da foto que, sei lá porque, não ampliava e coloquei outra que está ok!