domingo, novembro 13, 2011

A legítima* criatividade



Houve um tempo, há longo tempo atrás, em que a criatividade era o mais importante em publicidade.

Nesta época as verbas eram pequenas e os filmes (filmes mesmo) eram caros para produzir. Daí, a ideia, que até hoje deveria ser o mais importante, era o que pesava numa peça publicitária, fosse na mídia impressa ou audiovisual.

Atualmente, com as facilidades da computação, a técnica, sobrepõe a ideia. Mas é claro que existem exceções que devem ser destacadas. Uma delas é a campanha das Havaianas. Como a do filme acima... Vale a pena conferir!

Em tempo: a campanha é da ALMAP-BBDO.

(*) Legítima, no caso é uma homenagem ao velho slogan das Havaianas "as legítimas"...

14 comentários:

Anônimo disse...

Tens toda a razão. Nos dias de hoje reina muito recurso técnico e pouca criatividade.
Ai que saudades daqueles em que se gastava da massa cinzenta para criar.
Ainda bem que isto ainda existe. E a prova está aí!

Jonga Olivieri disse...

E toda grande ideia é simples. Como esta...

Anita disse...

Este aí não somente é criativo como é com a Maria na Ximenes, excelente atriz. E pelo que dizem, eu pareço com ela!

Jonga Olivieri disse...

Aniiitaaa! Você é um docinho de côco!

Cantídio disse...

That's the question!

Jonga Olivieri disse...

Falou e disse!

Anônimo disse...

Muita gente precisava ler esta sua postagem.

Tem gente criando , quer dizer pensando que está criando e apenas gastando o dinheiro de clientes dem a menor intenção de vender ou alcançar o target.

Vou atazanar a vida deles. É só mandar o link.

"Atanásio"

Jonga Olivieri disse...

Gostei do nome, Atanásio! hehehe!

Anônimo disse...

Olha, este post é muito importante. Precisamos refletir sobre a questão da [des]criação que hoje atravessamos na publicidade.

Celso

Jonga Olivieri disse...

E este é o ponto crucial Celso! O certo é que no geral o nível de criatividade anda baixo.

Anselmo disse...

Que fim levou o Pedrosa?

Jonga Olivieri disse...

Faz muito tempo que não falo com ele!

Anônimo disse...

Anita, qual é o seu telefone?

Jonga Olivieri disse...

E você acha que a Anita vai entregar a intimidade dela para um "Anônimo" qualquer? hehehe!