terça-feira, dezembro 27, 2011

Colas e ideias que colam



Uma carona interessante, e, principalmente uma ideia, uma boa e simples ideia. Certamente polêmica, obviamente oportunista, por trás de um objetivo a ser alcançado. Veja aqui como colar um conceito em menos de um minuto...

12 comentários:

André Setaro disse...

Genial! Um conceito bem aplicado e cheio de criatividade. A publicidade, por vezes, não há que se negar, produz verdadeiras obras-primas.

Anita disse...

Que coisa mais brilhante!
As colas perdem para a verdadeira cola: Araldite, a cola que já foi até utilizada para colar pontes na Europa.
É 'vero', li há muito tempo atrás numa daquelas 'Seleções do Reader's Digest', no sítio de um primo.

Jonga Olivieri disse...

E esta, sem dúvida é uma delas, caro André.
Mas, como "digo e redigo": uma boa ideia sempre é muito simples.

Jonga Olivieri disse...

Brilhante mesmo!

Cantídio disse...

Espetacularmente SIMPLES. Uma idéia óbvia. Uma idéia que está bem na nossa frente.

Jonga Olivieri disse...

O óbvio tem muito a ver com o simples. Eles se completam...

Ernani disse...

É mesmo de uma simplicidade extrema essa idéia. Cola x cola, ganhou a cola que cola até o impossível. E isso dá samba!

almagro disse...

Boa e essa ideia parece que deu samba em Cannes, anos 80, até no sentido polêmico, coincid. outra de cola, mas estrangeira, também gerou discussões, a das freiras e da estátua + bilau quebrado e recolado em outra posição.

Jonga Olivieri disse...

Gostei Ernani, texto inspirado esse seu!

Jonga Olivieri disse...

A das freiras foi "pirata" de festival... E esse da Araldite, tambem foi?
Sei que é muita bão!

Anônimo disse...

Colou mesmo?
Ana

Jonga Olivieri disse...

Não tenho nenhum feedback do caso, Ana.