sexta-feira, julho 27, 2012

O "caso" do Capitão Aza

O Capitão Aza (assim com zê mesmo), era aquele cara que na TV Tupi concorria com o Capitão Furacão da TV Globo. Costumava aparecer na televisão num suposto avião, com capacete, nuvenzinhas e tudo a que tinha direito. Além do que, como seu principal rival, apresentava os principais desenhos animados e demais entretenimentos para a garotada de então.

Eram figuras folclóricas naquela época. E tinham, ambos, casos muito estranhos. Conta-se, que o Capitão Furacão num determinado dia sorteou alguns dos seus ‘grumetes’ para navegar numa escuna pelos mares da vida. O Capitão Furacão era caracterizado como um "velho Lobo do Mar’, e tinha como sua principal ajudante uma garotinha, a Elisangela. Sim, aquela mesma!

Pois bem. Iniciada a tal viagem, o tal do ‘comandante’, começou a enjoar, passar mal, e no final foi resgatado por um helicóptero em alto mar. Um puta dum vexame!

Mas, voltando ao Capitão Aza. Era uma figura. Fazia propaganda da FAB. Enaltecia a "gloriosa força aérea", era um estardalhaço. E, até dava o maior dos ibopes.

Bom. Um determinado dia, nosso colega Victor Kirowsky trafegava em sua inconfundível Variant de cor vinho, quando esbarrou num Puma. Esbarrou é o modo de se dizer. Bateu mesmo. Abriu-se a porta e sai de lá o comandante in self. Começa então uma discussão de quem era ou não o culpado do incidente. Dizem que o capitão era meio violento. Até contavam as más línguas que ele era membro do SNI. O Vic, certamente, com o seu cachimbo à boca, no melhor estilo Jacques Tati, ouviu a presopopéia toda do apresentador televisivo, que no final, virou-se para ele e falou em altos brados:

- Sabe com quem está falando? Com o Capitão Aza!!!.

Victor Kirovisky baforou seu cachimbinho, olhou para o cara e respondeu:

- Prazer... Capitão Marvel.

Fechou a porta da Variant e arrancou sem dizer mais nada.

6 comentários:

Cantídio disse...

A do Capitão Furacão é demais. E o Victor Kirowsky foi brilhante na sua resposta ao 'Aza'.

Anita disse...

Caramba, este tal de Vitor foi peitudo.

Anônimo disse...

Acordei cedo e gostei muito de ler este caso no seu blog.
Sei quem e o Victor (Kirovisky e nao Kirowsky) como voce escreveu e sei que ele tem reacoes assim mesmo.
Nao posso dizer tao categoricamente mas e um dos melhorres casos que voce ja postou.

Anonymous
New York

Victoria Palmeira disse...

Hilariante!

Eustáquio disse...

Melhor mesmo é para quem conhecu o Vic. Ele realmente é um sujeito muito doidão, encucado etc. Mas, verdade verdadeira é um puta dum diretor de arte,

Ernani disse...

Coisas de Vic!